3.12.10

Nova Kombi para todos !!

Donos de quitandas, não se desesperem! Depois do Fusca, agora é a vez da Nova Kombi ...


A idéia é manter o formato "Pão de forma"  clássico da Kombi, a base seria a mesma do conceito do Novo Fusca que apresentei neste blog, com motor atrás e refrigerado a água, permitindo ao motorista ficar em cima do eixo dianteiro, talvez com algumas modificações poderia utilizar até a base atual da nossa Kombi.

Na Kombi resolvi manter o farol redondo, mas é cortado pelo vinco separando-o do pisca, o vinco na frente tenta lembrar o formato "biquini" da primeira geração da Kombi. Mais embaixo uma entrada de ar com formato "risonho" agrega o radiador e uma opção para faróis de neblina, o parabrisa é mais inclinado e as colunas são pintadas de preto. A traseira tem um grande vinco retangular que empurra a tampa do porta-malas para dentro, ele abriga também lanternas em formato cápsula de comprimido como na geração 2.

A roda é ilustrativa, sendo que na suposta versão de produção terão que se contentar com as super calotas mesmo, rs.
Versão furgão é fechada e com o teto ligeiramente mais alto.

O painel é simples e compartilha muitos componentes do Fusca que fiz, a alavanca do câmbio fica no painel para abrigar melhor 3 passageiros. No centro tem uma tampa pra quem quiser colocar um GPS.



Claro que essas versões targa e conversível não são propostas viáveis, apenas tem os cortes para mostrar a configuração interna dos assentos. A Iluminação interna em 3D não ficou muito boa para ilustrar o interior. Essa Kombi pode levar até 11 pessoas, mas teria várias configurações.

Antes que os tradicionalistas peguem suas foices, eu sempre proponho que versões  "fora-de-estrada" adotem o sistema de tração 4x4 como este modelo acima, que além da tração uma opção de reduzida, mas para adequação no mercado nacional um motor diesel seria indicado.  Uma das propostas para esse tipo de Kombi seria de transportar funcionários que trabalham em lugares remotos, ou até mesmo expedições.

As pickups


Para as picapes elas teriam opções com caçambas fixas, com o piso plano, na altura do motor, a carroceria alta daria um espaço bom a caçamba e melhorando ainda mais o fato da caixa de roda não ocupar espaço, a versão cabine simples conta com uma porta extra lateral no lugar da porta corrediça da van e tanto cabine simples quanto a dupla teriam um compartimento entre os eixos, isto é, uma porta-malas para a picape assim como era na antiga picape.



 Demonstração da abertura das tampas da caçamba
 
 Sem Caçamba - Seria praticamente um mini caminhão que poderia abrigar caçamba de madeira, de aço, baú... ou seja, pode-se personalizá-la conforme o tipo de carga. O cartaz do garoto tomando sorvete acima é obra do Victor "Arte do Paint" Braga, não tenho nada com isso, rsrs.
 
Serviria até para um trailer como por exemplo essa versão Caracol ou Safari, o estepe na frente não sei se é permitido atualmente, mas fiz apenas para lembrar os modelos antigos.



 A Kombi é destaque da revista Fusca & Cia número 66. Agradeço novamente a redação da revista pela oportunidade.

Imagens 1600x1200
001 - 002 - 003 - 004

Making of:  A Kombi foi modelada no 3D Max com a técnica de modelagem Box Modelling.

História da Kombi


A Kombi foi idealizada em 1947 a partir de esboços do holandês Ben Pon, a idéia era fazer um utilitário a partir da plataforma do VW Sedan (Fusca). O nome Kombi  vem do alemão  Kombinationfahrzeug (Veículo Multi-uso). A VW gostou da idéia e começou a projetá-la e em 1949 foi apresentada inicialmente como tipo 2, mas ao contrário do Fusca a Kombi possuia um monobloco. E em 1950 sua produção teria início na Alemanha.








Foi lançada com o nome Transporter, ou T1 como era conhecida a primeira geração, o modelo era tão útil que chegou a ter 90 combinações diferentes para todo tipo de transporte.

Em 1967 surgia a segunda geração, que existe até hoje no Brasil, mas a porta corrediça só viria por aqui em 1997. A frente ainda mantinha os faróis redondos mas os piscas eram quadrados e não tinha mais os vincos curvos estilo "biquini", possuia maior área envidraçada. Para 79 a terceira geração Caravelle ou Transporter, mais quadrada e mais segura. O motor ainda era traseiro, mas com refrigeração a água.





Para a década de 90 o Caravelle já não tinha muito a ver com a Kombi clássica, o motor é dianteiro e o motorista fica um pouco mais atrás do eixo.  Em 2005 a evolução do Caravelle, o T5.
No final da década de 90 embalada pelo New Beetle a VW arriscou apresentar um conceito inspirado na Kombi clássica, o Microbus, mas o projeto não foi para frente, infelizmente.






No Brasil - A Kombi foi lançada por aqui em 1957 e possuia motor refrigerado a ar de 1200 cm3, tinha várias versões, inclusive furgão, e  a rara versão com seis portas. Em 1967 é adotado o motor de 1500 cm3, ficando assim até 1975.

A Kombi de 1976, possuia uma nova frente e lanternas traseiras em formato de cápsula, também recebeu um motor de 1600 cm3 com 58 hp, posteriormente várias versões picapes foram lançadas, com ou sem caçamba, e até mesmo uma cabine dupla.
Em 1981 a Kombi ganhou uma versão diesel, (refrigerado a água, era o mesmo motor do Passat diesel que a VW exportava), esta se difere pelo grande radiador preto na sua frente, esta só durou até 1985.

Em 1997, a velha senhora recebeu mais alterações, um teto mais reto e alto, novo interior, porta corrediça e injeção multiponto.
No final de 2005 devido as novas exigências da lei, a Kombi aposentou o motor refrigerado a ar dando lugar ao refrigerado a água.

61 comments:

Mandriow said...

Maravilhosa!!!! Sejm comentários. Vc se superou na Kombi. Que bom seria se a wolks comprasse suas idéias
Abraço

Igor Studart said...

mt bom , bem criativo , achei melhor que o conceito da Vw apresentando em 2001

cRiPpLe_rOoStEr a.k.a. Kamikaze said...

matou a pau com essa kombi... pena que com a amarok fosse pouco provável a vw lançar outra pickup média...

Wanderson said...

Cara Maravilhosa a Kombi! Assim como o Fusca, a Kombi ARREBENTOU!!!
Quem dera carros assim nas ruas... Ainda tenho fé que a VW acorde para os talentos de verdade.

Duílio said...

Du, vc tem o dom d modernizar dinossauros mantendo a alma jurássica deles intacta. Parabéns.

Eu achei muito interessante a versão furgão, devido ao teto ser um pouco elevado, e acho q ficaria legal uma versão de passageiros com teto elevado, como nas Ducato/Jumper atuais.

A coluna traseira pintada de preto me lembrou o Nissan Cube.

ps: eu comprava uma Kombi passageiro ou picape cabine dupla dessas e usava de carro d passeio pessoal mesmo, d tão bonita q ficou em relação à antiga, essa que eu não acho tão feia quanto dizem... ela tem sua personalidade.

skyline- said...

Gostaria de dar um PITACO DIGITAL, Du, tente fazer uma com a frente inspirada nos Caminhoes CONSTELATION,só pra vermos como ficaria.
Abraço!

VictorHugo said...

Du, o certo eh ''o cambio VAI para o painel'' e nao ''sai do painel'', correto?
Matou a pau a kombosa. Vlw

Du said...

Frente COnstellation até poderia mas aí perderia o sentido da "Releitura". Se é que a divisão de caminhões da VW foi vendida pra MAN.

Vlw a dica Victor, na pressa escrevi meio sem noção. rs

Designer Fillipe said...

ficou mt bom! Gostei principalmente do furgão e da versão off-road

Fabricio said...

Como sempre, muito legal. Sou muito fã da primeira geração, com parabrisa dividido, ainda vou ter uma destas restaurada e com placas preta. Só uma correção no texto da História da Kombi, a remodelação que deu a ela porta corrediça e injeção foi em 1997 e não em 1988. Em 1988, era o Gol GTi quem estrava injeção monoponto no país. Abraços e parabéns!!!

Du said...

Ok, já acertei, hoje é postagem versão BETA, vou consertando ao longo do dia.. hehe

A idéia da versão Van com teto alto é interessante.

Mauricio Morais said...

Acho que foi o render e a idéia mais legal postada no blog. Genial colocar os detalhes da frente da Kombi antiga com um corpão do modelo mais recente. Ficou lindo demais. Parabéns.

Victor De Facci said...

Noss legal msm du meus parabens cada ve se superando mais vw n sabe oq esta perdendo em n te contratar,vc viu q sua projeção do niva esta no site da globo/autoesporte

Victor Braga e Bravo said...

Boa kombosa! Curti o desenho dela... A versão furgão ficou com uma cara esportiva, deve ser por causa da cor vermelha e teto alto. Gostei do visual parrudo da versão off-road também. Parabéns pelo trabalho Du!

Leonardo Laipelt said...

Boa modelagem Edu parabens novamente, só na versão off-road o vidro ficou sem reflexo.

Tu usa o V-ray para rendernizar as imagens?

e outra, que pela foto da modelagem ficou uma duvida, tu faz duas kombis, uma com as peças moveis e a outra com as eças tudo junto?

abraço

Du said...

É a mesma Kombi na primeira fase faço como um todo, depois apenas recorto as peças.

É o V-ray

Nanael Soubaim said...

O maior mérito desta projeção é a honestidade.

Leonardo Laipelt said...

interessante, eu faço a carroceria principal e depois faço as peças separadas..

vou tentar fazer deste modo o meu proximo carro.

abraço

Du said...

Use o comando dettach

Marco A. Cordeiro Jr. said...

Gostei bastante dessa versão atualizada, ainda mais que usou na frente o estilão da antiga...

Eu mesmo sempre achei o estilo da Kombi 1975 para as anteriores mas bonita. Seria legal ter uma versão com vidros no teto :-), aqueles vidrinhos pequenos em cima... nessa versão com teto mais alto daria

Parabens pelo trabalho

Abraço

Nanael Soubaim said...

Pensei em um motor transversal inclinado a 30° do horizonte, baixaria bem o dentro de gravidade e abriria muito espaço. A Kombi conversível é viável, desde que uma empresa competente como a Sulan ou a Demec empreite o serviço. Uma reestilização assim certamente suscitraria a sanha dos customizadores.

Felipe said...

Nossa! Ficou muito bonita mesmo! Só que certamente não passaria nas regras de colisão (crash-tests) de 2014... os passageiros ficam muito perto da frente, do para-brisa, etc.

Du said...

Será? se for assim muitas vans e pequenos caminhões pequenos vão passar como o Kia Bongo, Topic e cia. Acho que o lance é só com relação ao Airbag.
Mas dá pra melhorar a segurança nesse mesmo formato com zonas de deformação e barras de proteção na cabine.

Gabriel Oliveira said...

Du,queria pedir autorizaçao para postar no meu blog uma versão modificada( de entrada) da suanova kombi,com todos os créditos.Abrass.

www,projecoesdecarros.blogspot.com

Du said...

Pode, vai...

1 real said...

Vou te contar uma coisa,se a Vw não olhar com carinho esta projeção proponho que nós mesmos a fabriquemos.

Ronaldo said...

Eduardo,sua genialidade não tem limites!
NOTA 1000!!!!!!

Cláudio said...

Du,
Excelente o trabalho. Só me fala onde seria o motor dela?
Abração!

Du said...

Acho que ja citei isto no texto, traseiro.

Fernando Frey said...

Gostei muito do design. Mas fiquei com uma dúvida: como seria o painel desta Kombi em uma versão mais sofisticada? Com certeza, deveria ser mais equipada, com duplo air-bag, ar condicionado digital, GPS, equipamento de som com MP3 e entrada USB. Uma Kombi mais equipada não faria feio diante das gerações mais atualizadas vendidas na Europa. Abraços

Al Unser Jr. said...

Com certeza é muiiiito mais bonita que o conceito apresentado pela VW, apesar de eu achar que o motor poderia ser no eixo dianteiro (estilo Bestas e afins).

Belo trabalho, parabéns.

Gustavo said...

Ficaram ótimos esses desenhos, saíram até no Carscoop:

http://carscoop.blogspot.com/2010/12/nostalgic-styling-take-on-2015.html

Achille said...

Muito bom...
Mais uma vez vc põe no bolso os pseudo-designers que infestam as montadoras...
Faltam só a split window e a predisposição para as safari windows, mas aí talvez seja saudosismo até demais...
Parabéns!!!

irmão Rodrigo said...

Du, me lembrou o Gurgel G800, que é uma cópia da Kombi

http://images02.olx.com.br/ui/5/47/77/1268780472_81074077_1-Fotos-de--GURGEL-G-800-ANO-84-RARIDADE.jpg

Abraço!

geraldo gatto said...

Du, mais uma bela construção. O pessoal fala muito da insegurança da Kombi e ela realmente é insegura! mas não pelo fato de ter pouca zona de deformação, mas por não ter barras de segurança na frente e nas laterais, afinal o projeto pedia um veículo leve. Barras de proteção, airbags e um pequeno aumento na distância em relação ao parabrisa já melhora muito as condições de segurança do veículo.
Outras melhorias passam pelas suspensões e barra de direção, algo que um projeto mais moderno tem que rever.
O que me incomoda um pouco é a posição do motor, não pelo conceito em si, que eu até gosto, mas pela dificuldade de se fazer um bom câmbio com a alavanca na frente e o motor lá atrás. São detalhes do projeto, mas um motorzinho 1.4 embaixo do motorista, como na Towner pode ser mais proveitoso.

Du said...

Eu até pensei num motor dianteiro como na Towner, embaixo do banco, aí melhoraria o espaço atrás, mas achei que os tradicionalistas iriam chiar, aí fiz assim mesmo. rsrs

Mas é possível

Du said...

Opa, além do Carscoop, o Flavio GOmes fez uma postagem e o BLog Jalopnik Brasil acabou de postar. Parece que o pessoal curtiu.

http://colunistas.ig.com.br/flaviogomes/2010/12/06/nova-senhora/

http://www.jalopnik.com.br/conteudo/uma-traducao-brasileira-para-nova-kombi

Alysson Prado "Balo" said...

Estas projeções de fato estão dando o que falar, dentro e fora do país, agora foi o site espanhol DIARIOMOTOR, uem fez uma notinha utilizando imagens que ilustram este post:

http://www.diariomotor.com/2010/12/08/volkswagen-transporter-2015-recreada-de-forma-nostalgica/

Parabéns Eduardo,prova que o seu trabalho está agradando brasileiros espanhóis, gregos e até troianos!(rs)


abs.

ALYSSON PRADO "BALO"

rmresend said...

Ficou legal amigo, mas faltou muito engenharia neste teu projeto. Fica inviável e não segue nenhuma tendencia de design que estão sendo exigidos por todas as montadoras.

Ao invés de Nova Kombi, deveria se chamar: Re-estilização da antiga Kombi, pois de novo não tem nada, somente o estilo.

Du said...

Então tá.

Camata said...

E seria o fim do crecimento da Kia e Hyundai naqueles caminhões. Estes sim são as caras a serem batidos pela kombi pickup.

dovebaby said...

du, ficou fantástico sua versão da kombi!!! parabéns!!! é uma pena q certas pessoas só falam besteiras em certos artigos. Vc é um cara q merece muito sucesso.abraços!!

PAULO RICARDO DE CARVALHO SARACELLI said...

Du.

caraca mew, eu não quero dizer q não gostei pq eu gostei sim, ficou fantástico, mas...

EU AINDA ODEIOOOOO ESSA MERDAAAA DE CARRO ASSASSINO E INCENDIÁRIOOOOOO

eu tenho medo de andar de kombi pq a qualquer momento ela pode pegar fogo e se bater morreu também.

poxa vida Du, faz um carro mais seguro, com uma frente mais avantajada pra ter uma área de impacto frontal maior e enlarguecer mais algumas colunas do carro pra ter mais reforço estrutural.

2014 será obrigatorio air-bags e abs e seria interessante vc fazer uma kombi que fosse viável para atender a essas medidas pois a sua segue os moldes idênticos da atual, mas não é um projeto viável pra isso tanto que (GRAÇAS A DEUS) esse insulto a nós brsileiros sairá de produção.

gostaria é do conceito da nova kombi que apesar da frente e traseira, a lateral ficou bem fiel a original, se vc fizesse uma frente segura como akela mas integrando seu estilo dessa kombi seria bem melhor e muito mais viável.

PAULO RICARDO DE CARVALHO SARACELLI said...

ha du, só pra vc ter uma idéia do pq eu tenho medo.

isso é uma kombi batendo a 60km/h

http://www.youtube.com/watch?v=TPpU5azjCB8

viu?

cRiPpLe_rOoStEr a.k.a. Kamikaze said...

tu podia bolar uma versão militarizada a partir do modelo sem teto, com uns 2 santantônios removíveis (que dariam suporte a uma capota de lona com janelas "língua-de-sogra") e parabrisa rebatível (algumas versões militarizadas dos caminhões volkswagen ja tem esse equipamento)... no interior dela se tu fizer mesmo uma versão militar seria bom fazer mais rústico, preferencialmente na chapa de aço mesmo, e não pode esquecer a chave de controle elétrico padrão otan e o farol de black-out... e ia precisar de duas "antenas" daquelas de cortar armadilha de cabo de aço pq como ela é mais curta uma só no meio ainda deceparia a cabeça do motorista e de quem estivesse do lado...

Paco Achaval said...

Muy bueno tu blogs!.
Justamente ayer hablabamos con otro usuario de Kombi VW, que casi todas las marcas invierten millones de dolares en re editar modelos antiguos de mucho exito; cuando en realidad, si solo volvieran a fabricarlos con todas las normas de seguridad actuales, ganarian mucho mas en ventas y conformarian mucho a todos los fanaticos del modelo.
www.solokombis.com.ar

deskos said...

Du, ficou uma projeão maravilhosa! Entretanto, uma traseia tão avantajada com dois faróis capsulas ficou um pouco estranho... que tal um farol maior como o padrão adotado por Doblo e Idea? daria um ar ainda mais jovial ao velho pão de forma... Além do mais uma versão com teto solar panorâmico seria bem vinda a um país tropical como o Brasil e seria muito adotada pelos surfistas devido ao visual retro e ao mesmo tempo moderno.

Ale said...

Olha só:
A kombi até que está bonitinha, mas você falhou num "pequeno" detalhe:
Onde é que vai o motor???
Não me diga que é atrás porque não cabe, nem motor de kart.

Dá pra engolir esse facelift da kombi velha só se vc der um migué e disser que vai usar motores elétricos direto nas rodas...

muito mal pensado

Du said...

Leia o texto, campeão.

Nanael Soubaim said...

Na Europa há Kombis com motor do 911 Turbo, sem alterações significativas no cofre. Não se deixe enganar pelas proporções, elas enganam os leigos.

Israel said...

taí um projeto bacana e simples! E não sairia caro para a VW por em prática, infelizmente eles preferem manter o design de 1967...

Johnny Mau said...

Posso estar falando besteira, mas seria possível - tanto no caso da Kombi como no do Fusca - fabricar as peças em fibra e montar em cima do chassi original? Teria um bom mercado. Se acaso se associar a alguém para tal fim, não esqueça de avisar, he, he... Com certeza um kit será o meu.

Nanael Soubaim said...

A Gurgel fazia isso, revestia boas chapas de aço com uma boa camada de fibra-de-vidro, processo patenteado como "plasteel".

DiegoDotta said...

Seu projeto parece que resolve diversos problemas no projeto atual Du, mas tenho dúvidas quanto a alguns, como:

- Hoje os passageiros passam calor no verão e morrem de frio no inverno, no projeto nao deu para ver como seria um ar condicionado ou sistema de ventilacao para os passageiros.

- Ja sobre as janelas de correr, apesar de não ser muito fã, acho que poderia também abrir nas janelas dos fundos, hoje os probrecoitados lá de traz além de nao terem vento ficam sentandos sobre o motor que esquenta bastante.

- Falando nele, hoje o acesso ao motor é um tanto complicado, parece que no seu projeto a portinha ficou ainda menor?

- Ao lado da roda dianteiro é um pisca? Senti que essa sinalização ficou prejudicada, principalmente para escolares, hoje os caras colocam piscas no teto para dar mais destaque, no seu caso poderiam estar no retrovisor.

Parabéns pelo trabalho, espero que seus trabalhos abram os olhos da industria.

Ps: A versão offroad vai me fazer sonhar com uma viagem de volta ao mundo. :D

Yuri said...

Que tal uma versão executiva com teto alto e janelinhas como no Defender 110 ?

Ale said...

Cara se eu fosse presidente da VW vc tava dentro.. maravilhosa.. alias todos os modelos

marcos said...

ficou show de bola, com certeza eu compraria a picape cabine simples na cor da do seu projeto. abraço

Lopes said...

Iria ficar legal com o aro do Gol BX,mesmo do Passat, com a opção da calota de centro. Cai bem no conjunto, é barata e bonita!

CarlosTorri said...

Muito bom o conceito. Desenho moderno, mas sem abandonar as linhas tradicionais. As versões fora-de-estrada e caracol ficaram excelentes. Parabéns!

Administrador said...

Muito bom, falta 1 mês para eu ter 18 anos e começar a carteira...
Estou vendendo um lote que herdei do meu avô e pretendo comprar uma 1997 usada e customizá-la, creio que sobrará dinheiro tranquilo, mas não da pra comprar uma nova...

MARISA BARONE said...

ENCANTADA COM A SUA CRIATIVIDADE E GENIALIDADE!!!! PARABÉNS!!!! TOMARA QUE SE TORNE REAL!!! ABRAÇOS.