8.3.17

Galaxie

Essa é a segunda releitura do Galaxie que fiz, mas agora totalmente modelada em 3D e alguns melhoramentos...


.
As linhas seguem o estilo do primeiro Galaxie com os faróis verticais, para mim a frente mais bonita, as linhas laterais também são inspiradas no desenho clássico.
As lanternas retangulares eram marca registrada dos grandes Fords dos anos 60.

Apesar de ser um pouco menor que o Galaxie antigo, ele ainda se enquadra no segmento dos sedans full-size.

Modelagem e renderização: 3D Studio Max / V-ray



História do Galaxie

Em 1965 após comemorar a fabricação do 100.000º  caminhão Ford Brasileiro, a Ford anunciou a produção de seu primeiro automóvel de passeio,  apresentado em 1966, o Galaxie 500 tinha as mesmas linhas do modelo americano, era um veículo nacional em condições de igualdade com os importados. O motor era um V8 de 4500 cilindradas.
Galaxie 500
Em 1968 foia apresentada uma versão mais luxuosa, o LTD,  que visualmente tinha uma grade diferente e teto de vinil, além de um requintado interior, o motor tinha 4800 cilindradas que logo foi incorporado ao Galaxie. 

LTD Landau 73
Em 1970 o LTD ganhou uma versão ainda mais sofisticada (Landau) que se destacava pela janela traseira com dimensões menores.  Uma versão mais simples do Galaxie foi introduzida, a Standard, mas durou até 72.  A linha 71 recebeu algumas modificações estéticas, em 73 passou por mais algumas mudanças.
Galaxie e LTD 76

A restilização mais evidente surgiu na linha 76, os faróis agora na posição horizontal e as lanternas traseiras horizontais divididas em 3 partes. A grade do Galaxie tinha filetes horizontais que atravessavam os faróis, enquanto o LTD e Landau tinham filetes verticais na região central. Quanto a parte mecânica passou a ter o mesmo motor 302 V8 importado que também equipava o nosso Maverick.

Landau
O último ano de produção do Galaxie foi em 1979, no ano seguinte LTD e Landau passaram a oferecer uma versão do 302 V8 movida a álcool. Em 1982 foi a vez do LTD dizer adeus, sobrando apenas o Landau que viu seu fim em 1983. No total a linha Galaxie no brasil foram produzidas 77850 unidades.

6 comments:

Eduardo W. said...

Genial!!! Dá de 7x1 no Fusion ;)

Igor Cavalcante said...

ficou massa esse Galaxie !!! faz uma releitura do Miura Sport II 80?

FernandoZero said...

Olá Du

Acompanho seu trabalho há alguns e dos seus trabalhos os que mais aprecio são aqueles que mostram carros que poderiam ter existido em uma realidade alternativa. O Corcel I hatch que desenhou é um bom exemplo. E ainda dentro desta proposta de realidade alternativa, os protótipos de carros que nunca ganharam as ruas atiçam a curiosidade de qualquer pessoa que acompanhe história da industria automobilística. É inevitável: quando descobrimos um protótipo que tivera o desenvolvimento cancelado muitos nos perdemos em conjecturas sobre "como poderia ter sido". Assim, numa continuidade de seus projetos de "realidades alternativas" você poderia mostra leituras acabadas do que poderiam vir a ser as versões finais de protótipos dos quais restaram apenas alguma foto de maquete ou de modelos inacabados. E para dar início a este tipo de trabalho sugiro aqui dois protótipos interessantes de carros brasileiros que foram descartados:

O primeiro é Projeto E da antiga Willys Overland que poderia ter sido o sucessor do Dauphine/Gordini, caso a empresa não fosse vendida para a Ford

http://www.lexicarbrasil.com.br/wp-content/uploads/2015/10/willys36.jpg

http://www.lexicarbrasil.com.br/wp-content/uploads/2015/10/willys36b.jpg

http://www.lexicarbrasil.com.br/wp-content/uploads/2015/10/willys37.jpg

O segundo é Gurgel U2 um interessante coupé que poderia ter sido construído sobre a base do Supemini cuja maior curiosidade era uma canoṕy que substituia as portas e o teto. Uma idéia nada funcional, mas que daria personalidade ao carrinho:

http://www.gurgelclube.com.br/novosite/index.php/modelos/modelos-projetos-gurgel-u2/

O que acha desta idéia?


Du Oliveira said...

O Jampa, Ford Omega e o Willys Projeto E ainda tenho planos...

El Misionero Meu Cérebro Minhas Regras said...

Menor do que o original? Cara, eu sei que esse negócio de downsizing tá na moda, mas é bom ligar o dane-se pra isso. Faz no tamanho original, e bota um motor 427, ou o maior que encontrar.

Devid Marroso said...

Bendita hora que descobri esse blog!