20.11.09

Triciclo Pompeo

O Pompeo, um triciclo elétrico, totalmente nacional e será uma revolução em nosso precário trânsito, sem concorrentes no mercado tanto em tamanho quanto em motorização.


A Equipe idealizadora do projeto conta com Renato Pompeu, Carlos Motta e Carlos Metzler, eles estimam que o triciclo estará rodando em nossas ruas em 2012.

O motor será nacional da WEG, elétrico de 8 kW e baterias de íons de lítio com um menor tempo de recarga e uma autonomia de 200 a 250 km.

O design não foi meu, pois eles vem trabalhando nele desde 2007, mas me envolvi tanto no projeto que já me tornei colaborador, desenvolvendo estas projeções em 3d.


A suspensão dianteira será tipo McPherson enquanto a traseira seria suspensão de moto monoamortecida.



Veja o Site oficial do Pompeo e matéria no Webmotors

36 comments:

Renato said...

Interessante, mas acho que se tivesse quatro rodas ao invés de três venderia bem mais, pois seria visto como um "carro compacto" no molde de mini, smart e 500, e não de um triciclo...
De qualquer forma desejo muito sucesso à idéia, que pode dar muito certo nos centros urbanos.

cRiPpLe_rOoStEr a.k.a. Kamikaze said...

o problema maior é que por triciclos serem enquadrados como moto vai acabar pagando dpvat mais caro

Elizandro said...

Não gostei, prefiro 4 rodas.

Linus said...

Eu compraria, mas infelizmente a maioria dos brasileiros são conservadores demais, ja pesnsam em imposto, revenda e nem querem saber, só querem carro preto ou prata nada mais que isso, triciclo então acham coisa de outro mundo, muitas boas ideias (como essa) sao desperdicadas por causa do medo do diferente, mas na europa tenho certeza que faria sucesso, inclusive sugiro ao pessoal do Pompeo dar atenção a exportação, taí a galinha dos ovos de ouro.

Nanael Soubaim said...

O maior problema de um triciclo é a menor capacidade de frenagem, ams com apenas 10,88cv e (aparentemente) menos de 600kg de massa, acredito que o comportamento será razoável. resta convencer o povo a comprar e o Estado de que é mais seguro do que uma motocicleta. Não adianta mostrar o carro pronto e seu projecto, eles querem papelada, de preferência com selos de entidades estrangeiras.

joao victor said...

muuito massa du cada dia se supera vc
ai coloca o teto prata tbm! vai dar mais vbida a ele mas ta mt legal parabens

1k2 said...

Eu postei no meu blog muitos projetos como os arquivados CLEVER e SIMPLE (http://playrp.blogspot.com/2009/10/bmws-clever-e-simple-solucoes-para-o.html) e uma promessa de quadriciclo, o Land Glider (planador terrestre, cortesia da ferramenta de linguagens do Google, veja: (http://playrp.blogspot.com/2009/10/romi-isetta-eletrica-da-nissan-i.html), e também um triciclo da Peugeot, o Hybrid 3 Evolution, masi perto do Piaggio MP3 (aqui: http://playrp.blogspot.com/2009/11/mais-peugeot-hybrid3-evo-menores.html) mas nem sempre cola, tornando-se promessas, apesar do baixo consumo, emissões reduzidas e certa agilidade no trânsito congestionado.

Luciano said...

Os problemas que eu vejo nos carros elétricos são a autonomia, o custo de manutenção das baterias e o tempo para recarga. No site está divulgado que possui uma autonomia de mais de 200km, o que me parece ser uma grande autonomia para um veículo elétrico. Resta saber se o custo de manter um veículo assim irá compensar o custo de ter um popular por exemplo, se o preço de revenda será compensador, se o veículo possui segurança.....

1k2 said...

Os problemas dos carros elétricos aqui serão o preço das baterias, a falta de uma planta elétrica decente (fale com o Minc), a ineficiência de outras fontes renováveis como a Eólica (mata passarinho e poluição visual), Solar (35% de aproveitamento, para recarregar um carro elétrico pecisa de uma placa do tamanho de um campo de futebol), de ondas (que varia de acordo com a praia e os surfistas vão reclamar), que irão encarecer o carro. Mesmo soluções porcas como motorizar uma carroceria chinesa sairão mais caras e de péssimo rendimento.

Luiz Fernando said...

Tai uma boa idéia.
Concordo que o projeto pode evoluir para quatro rodas.Realmente vende mais.Eu compraria sim o triciclo e acho que o brasileiro está evoluindo para a proposta verde.Se puder colocar na tomada aqui em casa tudo bem.Torço para que o projeto vá pra frente.Gostaria de saber mais sobre que tipo de material da carroceria e outro itens que torna o triciclo sedutor para nós consumidores.Parabéns.

Du said...

No site do Pompeo www.triciclopompeo.com.br tem mais especificaçoes sobre ele.

Paulo Ricardo said...

eu acompanho esse projeto desde que começou e preciso ser sincero com vc du

3 rodas não vai vender!!!

o design do carro é bonito com certeza, mas fica muito estranho na traseira pq parece faltar metade do carro.

pq 3 e não 4 rodas???

pode aumentar um pouquinho o consumo mas também ganhará em agilidade pois a área de contato irá aumentar.

a mudança do design de um carro pra solução n roda traseira é brusca demais e muita gente vai torcer o nariz pore isso.

é um belo design mas peca em ter 3 rodas apenas.

reparei q a roda é larga, se colocar duas rodas finas na traseira vai dar no mesmo, não precisa degrandes alterações, apenas o acréscimo da quarta roda dada ha um eixo como nos tríciclos nas rodas traseiras.

com esse pequeno detalhe eu tenho certeza q a aceitação será muito melhor.

Du eu trabalho no ramo de automóveis e sempre mostro essas novidades pras pessoas e a pergunta foi unanime "porque tres rodas e não quatro"

mude isso q vai dar certo com certeza, eu torço pra que vá pra frente esse projeto.

boa sorte.

Luciano said...

Mostrei o projeto pra um amigo meu e ele resumiu na seguinte frase:

"Com isso dae tu não vai conseguir comer ninguém!!!" hahahaha

Não sei se o fato de ter 3 rodas realmente vai atrapalhar as vendas, penso que a autonomia e o custo de manter as baterias são ainda o maior empecilho para carros elétricos.

Marcelo Witt said...

Eu não compraria esse troço aí, não por medo do diferente (acho fantástica a ideia desses mini-carros), mas é que a traseira disso aí é feia demais. O primeiro Ka que a Ford fez aqui era feio, mas isso aí venceu tudo. Péssimo. Não vai vender muito não. Brasileiro gosta demais de carro, e por isso, ele tem que ser, pelo menos, bonito. Esse treco aí serve pra países onde carro é apenas um utensílio, onde compram um meio de locomoção qualquer como se estivessem comprando uma batedeira ou um liquidificador.

joao victor said...

caramba nun fala assim tbm nao! eu gostei du! ta mt madera, e eu boto fe em vc! da umas aperfeicoada so pra esses caras ficarem satisfeitos, pq pra min ta legal. e coloca o teto prata! rsrsrs

Nanael Soubaim said...

Uma sugestão. Já que o carro será tão leve (eu vi no sítio dele) e terá tão pouca potência nominal, seria interessante usar (nos três pontos) pneus de motocicleta média, para aliviar mais o peso, além de tornar a direção mais leve.
Outra vantagem de usar tais pneus seria poder colocar dois na balança traseira, o que eliminaria os problemas do DPVAT e o da resistência do consumidor, apresentado com propriedade pelo amigo Paulo Ricardo.
Rodas largas impressionam, é certo, mas só servem para carros que trafegam em alta velocidade com freqüência, e quem gosta de (detesto esta palavra) "tunning" não vai gostar de um carrinho que não pode cantar pneus e não acomoda muito esuipamento de som.
Pelo exposto, reitero a sugestão.

Paulo Ricardo said...

Du, porque não algo tipo isto???
http://www.youtube.com/watch?v=g4v2LUw7O4w

já que é pra ter 3 rodas...

ó colocar uma carroceria mais adequada num projeto baseado no t-rex.

só pra mostrar q a idéia já existe, só depende da forma que é construída.

Anonymous said...

eu gosto muito do seu blog, toda semana vejo ele, eu tbm tenho um blog automóveis s.a, que dá novidades sobre o mundo automotivo:

automoveissa.blogspot.com

um abraço

Henrike

joao victor said...

ehh eu gostei do t-rax mas ele e um triciculo esportivo ne? e o pompeo e mais como uma shineray de 3 rodas (um transporte mais barato (presumo) e mais em conta) mas nao custa tentar ne

Nanael Soubaim said...

As idéias que aparecem aqui são bem melhores do que as asneiras que me fizeram quase abandonar a "Fiat Mio". Mas acredito que o T-rex seja uma proposta totalmetne diferente do Pompeo, que é mais prático para as balizas e o trânsito urbano. Por isto mesmo seria bom ter uma versão à combustão, quem sabe conseguir permissão de uso do Gurgel 2 cilindros.

Paulo Ricardo said...

eu só mostrei o t-rex pra mostrar q o resultado final pode ser mais interessante...

mas sinceramente com essas dimensões 3 rodas não rola.

nenhuma pessoa q eu tenha mostrado esse carro disse q compraria.

todos acham estranho as 3 rodas e de fato né?

Nanael Soubaim said...

Sim, no Brasil é deveras estranho. Não temos a cultura de racionalidade que ajudou a proliferar os triciclos na Europa, (inclusive o microscópico Peel P50) por isto sugeri pneus de motocicletas médias, o que permitiria colocar dois bem próximos na traseira e continuar usando um só amortecedor. Mas uma versão esportiva com perfil de tubarão seria assaz interessante.

wesley said...

Nossa em ta faltandu fotu nissu ja fas quase um mes q vc ta com esse bendito triciculo orrivel ai poem coisa melhor nissu, carros novos, lançamentos ñ só essas montagens bregas ai...

Du said...

Pessoal, só lembrando que a postagem das customizaçoes do Pixel será na terça-feira. Quem não enviou ainda me mande até amanhã.

Felipe said...

Hoje estava dirigindo meu carro, um Vectra Elite 2007, quando em um semáforo para do meu lado uma Chevy 500. Observando a picape comecei a pensar: Como esse Vectra é a evolução direta do Chevette do qual a Chevy deriva, como teria sido a evolução da picape se tivesse acompanhado a evolução do crro do qual era derivado?
Se não me engano, a evolução das gerações do Chevette no Brasil foram:

Chevette --> Kadett --> Astra Belga --> Astra 99 --> Astra Locomotiva --> Vectra.

Sei que é trabalhoso, mas teria como você fazer um trabalho mostrando como teria sido a Chevy se ela continuasse existindo nesse tempo todo?

Du said...

N sei se é isso q vc imaginava...
http://irmaododecio.blogspot.com/2009/05/familia-prisma-repostando.html

Du said...

Wesley, não é toda semana que consigo finalizar um trabalho está dificil pra mim conciliar tudo.
Esse é um projeto sério e respeito é bom.

joao victor said...

assim Paulo Ricardo, eu gostei mt do pompeo, e legal, a unica coisa q axei q nao bateu foi a trazeira, pq realmente como um cara falo ta parecendo q falta um pedaco, axo q se ele fosse afinando a traseira como o T-RAX axo q ia ficar mais, proporcional eu digo, mas eu adorei a ideia, ai pq agente nun propoe pro Du, fazer como pompeo como ele fez com o VENA (Pixel), cada um fazer uma versao ,sem mudar as caracteristicas do carro ne,na verdade eu axo q o q mais deixou o povo estranhado foi a trazeira, e nao o fato do carro ter so 3 rodas, sei la da cada um da um geito, sem perder a identidade de triciculo, com roda mais grossa dupla sei la, nao custa tentar ne, ai so falta a aprovacao do du

mas pra min ta legal... serio msm, mudancas sao normais ne em um conceito... abraco ae pove
e du esse dias vo mandar uns desenhos ai pra vc de umas relikias q to tentando reviver

Du said...

Como eu disse, o design não é meu, só fiz as modelagens em 3D, só apresentei aqui para ver a reação, como uma clínica popular, e acredito que eles estão acompanhando os comentários, agora sobre mudar isto ou aquilo é o pessoal do Pompeo que decide, caso eles achem que precisa mudar algo eu posso até propor isso, mas essa decisão é com eles.

Paulo Ricardo said...

eu sei disso Du, já mandei até e-mail pra eles pois faz um tempinho que não olho akilo lá e vc me fez relembrar do projeto do pompeo.

e eu sei bem que com o seu sucesso e influência na área de design vc poderia propor ua mudança na traseira e ver como fica, utilizando seu blog como clínica popular para testar nossa reação afinal de contas vai ser um veículo disposto a venda para nós então nada mais justo que nós ajudemos a adequá-lo as nossas exigências dentro do possível certo?

cRiPpLe_rOoStEr a.k.a. Kamikaze said...

o linus, que criticou o "conservadorismo" dos que ja pensam nos impostos, deveria reclamar com os políticos que apoiam absurdos como auxílio-reclusão e outras palhaçadas que consomem o dinheiro dos nossos impostos... se o dpvat fosse o mesmo do de um carro normal, ou se nem tivesse esse imposto, eu teria interesse em comprar um...

Joao Victor said...

foi oq eu quis diser, sei q o projeto nun e seu, mas fala com os caras la q ele nun teve um aceitacao boa e ralz, c sabe... eh como o Paulo Ricardo falo, tem q adequar ele as exigencias do povo(na medida do possivel), e como vc tem muita presenca aki, pode usar seu blog a favor disso, e pq eu eskeci de escrever a parete de vc falar comos caras do pompeo rsrs, mas, com a aprovacao das altarkia, vc topa fazer o proposto?

Leonardo said...

Esse coisa não vai vende, eh mto feio e esquisito, deviam abandonar essa anomalia motoautomotiva, e pegarem a ideia do Pixel, o Pixel sim, venderia mais q o fusca, eh um carrinho bunito, moderno, e de baixo custo!

ney said...

O charme do Pompeo está justamente nas tres rodas. Carro de quatro rodas já tem um monte rodando por ai.Insisto.A beleza do pompeo é justamente o fato de ser uma mistura de carro e moto...um triciclo.

Paulo Ricardo said...

se a beleza não vende não interessa a ninguém, e beleza??? hhhhhhaaaaaaaaaa por favor né? dá licensa.

Anonymous said...

vi uma dessas na praia esse final de semana:

http://www.minhamoto.info/tag/fotos-de-triciclo/

o pompeu parece ser um projeto mais simples do que estes triciclos esportivos....mas acho que pra saber se vende...só tentando vender um desses mesmo