13.8.09

Projeto Vena - Alicerces

Um teste de ergonomia do Projeto Vena (VEículo NAcional), a idéia seria uma forma diferente de dirigir um carro urbano, com o motorista ao centro e de posição elevada.


Seria um carro urbano voltado para uma pessoa e dois eventuais caronas (1+2), pessoas que quase sempre dirigem sozinhas, para o trabalho, faculdade, etc... não precisariam, portanto, de um carro que ocupe tanto espaço no trânsito e vagas, o carro teria menos de 3 metros, as proporções estão corretas, os bonecos do exemplo teriam 1,80 de altura, o banco da frente tem tamanho proporcional com as bases 50 x 50 cm, as medidas do banco de um carro comum, os bancos dos caronas são um pouco mais estreitos, teriam o espaço semelhante ao do quinto passageiro de um carro normal, mas como disse, são caronas eventuais, de qualquer forma teriam o benefício de maior espaço a frente para as pernas.
Só estou pensando que o motorista teria um pouco de trabalho na hora de pagar pedágio e pegar o ticket do shopping, mas como um amigo falou, seria saudável para o motorista pois não passaria pelo drive-thru, rs. mas ainda estou trabalhando pra resolver isso, inclusive no acesso, como não tenho recursos tenho que fazer alguns testes de ergonomia no meu próprio carro fazendo medidas, mas é divertido.

A estrutura não será com esse chassi, eu ainda tenho que mudar muita coisa, pois é apenas um estudo de ergonomia, para ver se os ocupantes caberiam no carro, estou apenas apresentando o conceito. Ele terá chassi monobloco e um motor traseiro, talvez elétrico, não sei ainda. A Smart recentemente havia anunciado estudos sobre um Forthree (para três) mas essa idéia eu já tinha na cabeça há um tempo, quem quiser acreditar acredite, mas é verdade, não estou copiando de ninguém.
O design final será revelado em breve, é o tal "ame ou odeie", mas comparado a certos minicarros indianos, é aceitável. hehe.
Quanto ao nome, não sei se será Vena (VEiculo NAcional) ou outro, o que vocês acham?

54 comments:

Sergio said...

Eu faria o seguinte:
Frente mais afilada, pois pelo que percebi na frente só o estepe, o que nos daria um eixo dianteiro mais estreito. Já começaria daí a pagar pedágio. ihihihihihi.

Germano said...

muito interessante...fez a modelagem onde? 3DMax?

Du said...

Pensei também em um eixo dianteiro menor, se não comprometer a estabilidade, seria interessante.

Fiz no 3d Max, mas estou começando a fazer alguma coisa no Alias, vamos ver.

maximiliamklimberger said...

Oi Du: fiquei curioso para ver como será a carenagem do bicho... Uma sugestão: não projeta com motos elétrico não, porque aí ninguém vai se interessar. Quem sabe um motorzinho pequeno dos já existentes?

Kzir said...

Quando bati o olho no protótipo do Vena por alguma razão pensei em uma gaiola mais parecida com a estrutura tubular que vai dentro dos carros da stock, por exemplo, para dar um "ar" de segurança. Quem sabe não é uma opção? + Sucesso, pois o blog é 10.

JV said...

Blog Sensacional.
Acompanho todo dia. Se você fizer um projeto com peças de carros já existentes eu construo um.

Valeu!

Rodrigo Zaratin said...

Vejo um grave problema para o projeto... acho até interessante a idéia de 3 lugares...

eu faria algo com 2 lugares lado a lado e a possibilidade de 1 pessoa sentar atras do passageiro, como é na Strada.

Veja bem, se o carro é destinado e pessoal que trabalha ou estuda, esse pessoal provavelmente vai ter somente esse carro... e com certeza vai querer usar no fds pra sair com alguém, certo?

Levar uma mulher no banco ali apertado não seria uma boa idéia...

Apesar de ser apenas 1 conceito, acho que vale a pena levar essas observações...

cRiPpLe_rOoStEr a.k.a. Kamikaze said...

pela posição central do condutor, se saísse uma versão com motor da yamaha fzr600 eu compraria para usar como kart..................

Du said...

É que o elétrico está em alta agora, o problema é que no Brasil não começou a onda ainda. A maioria dos minicarros com motores a combustão usa motores de 3 cilindros, preciso ver se um quatro cilindros feito no Brasil caberia. Alguém saberia qual é o 1.0 mais compacto do Brasil?

Gaiola Stock é interessante, vou dar uma pesquisada.

A idéia é um carro urbano para os afazeres do dia a dia, o espaço dos lados também não é tããão pequeno assim, cabe bem uma pessoa, inclusive poderia até esticar as pernas mais do que um banco traseiro de sedan grande. A idéia é um jeito diferente de conduzir como num Kart só que em posição elevada. Pensei 2 lugares, mas já falariam "Cópia do Smart", quatro lugares "Copia do IQ", isto é, temos que diferenciar frente a tantas mesmices que temos por aí.

Mas quero que todos opinem, esse post é importantíssimo para o projeto, eu vou anotando todas as sugestões e críticas e ver o que é ou não possível de se fazer.

Abraços

alan said...

Eu gostei, agora estou cruisoso pra ver o carrinho com carenagem e tudo...

e sobre a proposta, não veria problema nenhum se fossem 2 lugares ou 4.... ta, a proposta em si não seria nova mas o que importa não é a proposta ao meu ver e sim o resultado, o seu prototipo poderia ter 2 ou 4 lugares e ser muito mais bonito, util e pratico que o smart e o IQ....

abraços e parabens pelo ótimo blog

PAULO said...

cara vou te dar uma idéia que estava guardando pra mim, espero que faça bom uso. me responda:
Qual é a vantagem das motos com relação aos carros? seu formato esguio que é bem mais fácil para encarar o transito caótico das cidades. este carro de 3 lugares acabaria sendo mais largo que muito carro de 5 lugare. a minha sugestão é que vc dê uma espichada no carro e o faça mais estreito com o motorista no centro e os dois ocupantes exatamente atrás do motorista lado a lado. apesar de um pouco maior entre eixos ele seria mais estreito o que seria muito bom no transito e quanto ao centro de gravidade para q não tenha tendência a capotar as bitolas dianteiras teriam de ser mais estreitas dando ao automóvel um formato pouco triangular o q dificulta bastante essa tendência de capotagem e compensa o centro de gravidade elevado. melhor q isso só se tivesse tr~es rodas e um guidom :P mas isso já existe e são feios pakas rsrsrs.

a gaiola eu gostei parece ser em seguro mas lembre-se q todos os automóveis precisam de áreas de deformação programável pra absorver um pouco o choque e diminuir o efeito chicote.

Dimas said...

Nao vi problema em largura, moto é outra coisa, alem de ser menos segura que carro. Ja viu o IQ? é tão largo quanto um civic e isso ajuda na estabilidade. Eu gostei da ideia

Flávio Hernandes said...

Um carro que usa essa disposição de assentos (claro que pros passageiros o conforto deve ser mínimo nele) é o McLaren F1. Dá uma olhada nele

Ananias Duarte said...

Desculpe, não sou entendido no ramo. Entretanto fiquei preocupado com os dois passageiros: estarão colados na traseira. Num colição traseira (o que ocorre muito) eles quase que servirão de para-choque!
Sei lá, a idéia do VENA é interessante, vamos botar a cuca pra funcionar que coisa boa vai dá!!
hehehe

Nanael Soubaim said...

Só de ter motor traseiro já angaria minha simpatia. No caso eu aconselho o motor Fiat, que não é o menorzinho, mas é bem pequeno, robusto e muito eficiente. Sugiro que o cárter seja refeito para ele poder ficar mais baixo, isso compensaria estreitar o eixo. A preocupação com os passageiros atrás procede, mas nada que uma colméia de fibra de vidro não resolva. Sugiro ainda que use pneus 145-13, ao menos numa versão básica, para ficar mais leve e econômico. Mas um motor 1L sobra muito para o porte do carro, não? Pena que o motorzinho da Gurgel não seja fabricado mais.

Du said...

Legal, legal, grandes idéias dos amigos.

O que poderia ser feito para os passageiros, seria o seguinte: esse carro teria o comprimento de 2,85m, eu poderia aumentar o entre eixos em 20/25 cm, deixando o carro com quase 3,10m, aumentaria o peso, mas os bancos seriam mais recuados e consequentemente mais confortáveis tornando o carrinho um salão para 3 passageiros. Sobre a questão de segurança, os passageiros não estão tão atrás, se ver a imagem de cima, eles ainda estão a frente do eixo traseiro, já viu onde ficam os passageiros do Toyota IQ? Mesmo assim ele terá mais reforços estruturais.

Vou pensar em diminuir o eixo dianteiro diminuindo a altura do carro, mas ainda acho que compromete a estabilidade, mas vamos ver.

Outra dúvida seria em relação ao tipo de carroceria, lata ou fibra? Lata daria um ar mais "carro de linha" e um melhor acababento, e fibra tornaria o carro mais "fora-de-série", seria mais leve mas proporcionaria uma única peça excluindo portas e tampas. Nessa questão precisaria de um help.

O motor se for a combustão teria que ser 4 cilindros, pena não existir um 3 cilindros nacional, pois caberia como uma luva.

Anonymous said...

cara... mto bom... seus projetos taum virando "coisa de gente grande"... parabens

Anonymous said...

Achei a idéia bacana!!! Sugestão: Pq não três lugares enfileirados, como antigamente? Sendo que o banco do meio podendo ser mais estreito e o cambio sendo automático ou mecânico em posição elevada no painel, com nas vans.

Alguém aqui sugeriu o motor de motos 600 ou 750cc. Pode ser uma opção, não sei em relação a custo e mecânica, mas é interessante.

Sendo a opção Kart, com motorista no meio, realmente o dia-a-dia vai ser prejudicado. Sugestão seria as portas terem um recorte de abertura invadindo o teto quase até o acento do meio, para facilitar a entrada e saída (cabeça) do motorista. Em relação ao vidro longe do braço, não vejo solução.

Anonymous said...

Dú, genial! Como sempre!
Minha idéia é que vc fizesse uma carroceria um pouco mais alta, dois lugares na frente e um banco pequeno, apertadinho, para 1 ou 2 lugares atrás (realmente caroninhas). Legal se ele for escamoteável, daí dá pra ter um pequeno espaço pra bagagem.
E desencana dessa história de cover do smart! Precisamos de um VENA pra maioria dos brasileiros com um mínimo de renda pra ter um carro.

cRiPpLe_rOoStEr a.k.a. Kamikaze said...

eu não faria com carroceria metálica... ficaria bom de fibra, ou mesmo plástico abs injetado se fosse mesmo produzido em grande escala... quanto aos motores, usar motor de moto até poderia ser bom, mas teria que "esgoelar" demais em função do ajuste da distribuição do torque, e as normas de emissões de poluentes são bem diferentes...

Gustavo said...

Tambem acho que motores de moto seriam uma boa. são compactos e potentes.Um 600cc cairia como uma luva =D

Nanael Soubaim said...

Faça como a Troller, a carroceria laminada e as outras peças injetadas. A era do aço está com os dias contados, ele terá que ceder espaço a materiais mais baratos e leves, ainda que permaneça na estrutura de resistência. Um três cilindros faz realmente muita falta, mas é em todas as montadoras, não só com os independentes.
Que tal uma olhada no site Fiat Mio? Tem muita abobrinha, mas há idéias interessantes que podes aproveitar.

vini said...

parabéns , nao só por esse, mas por tdos teus projetos.
A distribuição dos assentos tah otima, unica, original, e perderia a graça c fosse de forma diferente, e otra, o motorista pode da um jeito nos pedagios e shoppings, afinal serao raras as necessidades, pq quem quer um carro desse tamanho, n faz muitas compras nem viagens. Seria legal ver o design do carro uma coisa bem original, mas n ao ponto de ser estranho. Na questao do nome, vc poderia inventar alguma coisa pra isso tbm fika diferentem pq tah na moda o jeito de escreve diferente o nome dos carros como: Mi.To, ForTwo.

PAULO said...

cara. se é um carro de produção em massa a fibra de vidro não é recomendável pois o custo seria muito elevado para a fabricação pois já q o carro é de produção em massa suponha-se q tenha uma grande linha de produção mecanizada certo? a moldagem do metal nesse caso é muito mais fácil e barata. se não fosse os carros seriam todos de fibra de vidro certo? é uma questão de raciocínio lógico. Já que vc quer continuar nessa idéia aí. faz o carro um pouquinho só mais largo e coloca os três lado a lado com o motorista à esquerda rapaz, daí ainda sobra um bom espaço pra mala atrás ou colocar banquinhos de guri tipo o SP52 mas só tinha lugar pra dois na frente. já q é pra ser popular não precisa ser uma banheira como o landau não. coloca um banco mais confortável pro motorista com encosto e pros caronas coloca um inteiriço mesmo de dois lugares tipo da kombi e tá feito.

PAULO said...

aproveita e owna de vz com câmbio cvt de série e coloca os comandos no volante só com a opção de borboleta. é popular mesmo... e o povo vai gostar pq vai dar um ar de carro moderno.

Celio Vieira said...
This comment has been removed by the author.
Celio Vieira said...

Tenho uma sugestão, elimine o o pneu suplente para poupar espaço e reduzir peso!
Há carros no Brasil que já não o trazem, como o Smart por exemplo. Ele apenas traz um spray veda-furos, assim como outros pequenos city-cars mundo afora.

Bom projeto, fique bem!

Projeçoes in Paint said...

Deve ser um novo carrinho de golfe ele esta otimo parabens kra

Anonymous said...

Opa Adorei o projeto VIENA

Quando eu vi o carro me lembrei do gurgel na hora.

Uma sugestão e fazer 4 lugares, mas se for manter 3

faço como no XEF da gurgel..todos em linha vai ficar bom.

Sobre motores, tem que ser flex, e infelizmente de 4 cilindros, mas tem que ser muiiiito economico

pense em acamentos modernos, e na linha ecologicas.

de resto o blog é show

boa sorte

Crespo....

Leonardo said...

Du, projete a carenagem do carro com faróis, lanternas, maçanetas, fechaduras, etc ja existentes, como no troller por exemplo, tbm recomendo todos os vidros planos (barateia mto o carro), e tbm a fixação dos vidros deve ser colada, aumenta a segurança em caso de capotagem e assegura o carro da ação dos ladroes(pois ai não adianta simplesmente cortarem a borracha), recomendo tbm um painel mais completo com contagiros e temperatura (da um ar de importante ao carro), cara, tenho mtos conhecimentos na pratica com relação a isso, não exite em me consutar no q achar necessario

Anonymous said...

Olha pesquisando sobre o XEf na net

http://quatrorodas.abril.com.br/classicos/brasileiros/gurgel-xef-417425.shtml

Boa sorte

Crespo

Renato said...

Muito bacana, a pesquisa sobre o Gurgel é extremamente válida, em especial sobre o motor que ele criou, acho que seria interessante...
Outra coisa, o motor elétrico tem uma grande vantagem num carro compacto com motor traseiro, não faz barulho!
Parabéns!

Sérgio said...

Du, Vamos pensar em usar tecnologia de ponta em tudo. Seria uma espécie de laboratório que poderia ser financiado pelos próprios fabricantes das inovações.
Falo em motor elétrico e suspensão na roda (vide youtube Siemens Vdo in wheel motor), amortecedores eletromagnéticos Bose e estrutura de reforço de carroceria igual à dos carros da Óbvio, do Anísio Campos (www.obvio.ind.br).
Avance no projeto da carroceria com essa fórmula, porque você não precisará se preocupar com espaço para motor, nem suspensão.
Para mim, o conceito de carroceria seria o de uma bolha alongada, com mais área por baixo do que por cima, aumentando o efeito solo, em função das pressões aerodinâmicas.
Isto é, o efeito do perfil da asa do avião invertido. Quanto maior a velocidade do ar, menor a pressão.
Se você tem maior velocidade do ar em baixo, a pressão de cima para baixo aumenta.
O nome VENA é perfeito, simples e original.

Sérgio - Petrópolis RJ

Nanael Soubaim said...

Muitas idéias são deixadas de lado mais por preconceito do que por custos. Aproveite que o mundo está sacudido e tentando se levantar, a hora de apresentar exentricidades é agora. A Lotus não solda os chassis, ela passa cola industrial e encaixa as peças. Quanto à fibra de vidro, sugeri para o caso do início da produção, mas painéis de carroceria injetados com fibra de vidro dão perfeitamente para a produção em larga escala, até porque fica caro fazer um molde de injeção. Sugiro experimentar o PVC, que além das qualidades mecânicas, não propaga chamas.

Edigezyr said...

deixa com três lugares e faz a carroceria parecida com fusca só que mais estreita dessa forma não precisa diminuir o o eixo dianteiro e o motorista ficaria mais próximo do vidro.
uma porta bem grande daria conta do recado!
motor elétrico atras ta ótimo

Anonymous said...

Gosto do nome

Vena....

mas da uma olhada no XEF

Crespo

Elizandro said...

Achei o estepe muito grande, acho que deve ser uma roda fina com kit de reparo instantâneo. Sobre os 3 lugares, acho que deveria ser 2 lugares e o terceiro atrás do carona.

Qual a largura do carro? Talvez um pouco mais largo para ajudar na estabilidade.

Du said...

Bom, os pneus estão só para ilustração, vou fazer uma coisa mais bem feita depois, pneus mais finos. Como disse é só um teste de ergonomia para os passageiros.
o carro não seria estreito, mais largo que o Ka (1,60m)e menos que o Toyota IQ (1,68, pelas minhas medidas o carro teria uns 1,65m . Mas ainda estou revendo essa disposição de bancos, tudo pode mudar.

Marcel said...

Fala Du, cara mais uma vez parabéns pelo blog. Agora com relação ao VENA acho que poderia ter 2 lugares na frente com o cambio saindo do painel como nas vans, e para os passageiros treseiros 2 bancos escamoteaveis (como na S-10 cabine estendida), pois, como o projeto mesmo propõe é um carro para uso urbano, geralmente para uma pessoa. No caso do 1+2 a idéia até q é boa, diferente, mas eu não compraria, pois, se precisasse sair com minha noiva ela teria q ir atrás, não tem nem como dar uns beijinhos na patroa rsrsrs.... Outra coisa que acho q deve ser levada em consideração, tanto na motorização como na carroceria é o custo, pois, não adianta nada fazer um carro urbano cheio de tecnologia mas que custe R$ 50 mil. Com relação a faróis e lanternas pode-se usar os mesmo faróis e as lanternas q as fabricantes de onibus estão usando, redondos e te tamanhos diferentes, pois, são para uso geral, fazendo assim com que o carro não fique "ligado" a nenhuma montadora (no caso de usar essas peças de carros ja existentes) e baratearia bastante o custo. Acho q um Fire Economy ficaria show. Ah e um ar-condicionado tb seria bem vindo. Abçs.

Anonymous said...

Achei o VENA um carrinho interessante, tem futuro, mas prescisa de carroceria, sou seu fã cara!

Anonymous said...

Acho que esse negocio de levar a namorada atrás não vai rolar ....

Crespo

Du said...

Bom é só um conceito. Mas no fim terá que ser convencional. Ou 2 com excelente espaço nas pernas e bagagens ou 2+2 sem espaço pra mais nada.... ou talvez um 2+1?

Nanael Soubaim said...

2+1 por enquanto. Se for pensar demais em melhorar a idéia básica, o carro nunca sai do papel, ou do hd. Se a idéia é mesmo baratear, usa um feixe de mola transversal na traseira, pelo menos para permitir que o primeiro protótipo saia do papel e chame atenção o quanto antes.

Charlão said...

Muito legal o projeto du, quanto a estabilidade se vc cuidar da altura total e do cg, eu acho que não tem problema afinar o eixo dianteiro. que tal usar o estepe tipo donut bem usado nos EUA. Tem um pessoal fazendo réplicas de Romi iseta usando motor de moto, dependendo do bolso de quem encomenda o tamanho do motor muda. abs

Nanael Soubaim said...

Lembrei agora de algo, a aerodinâmica costuma preterir carros curtos. Faça a parte inferior do assoalho (se possível também o teto) com estrias longitudinais e lisas, e chanfre a parte posterior de cada caixa de roda, para servir de extrator de ar, coisa discreta, uns cinco milímetros devem bastar.

Anonymous said...

Cadê o estudo ?

Eduardo Fim Canedo said...

acho q um carro d 2 lugares tah bom ( lado a lado ) e com espaço para bancos escamoteaveis atraz ....( caso d produçao em serie esses bancos poderiam ser opcionais)ou sem esses bancos escamoteaivis atraz ...seria bom p/ empresas pq muitas vezes empresas q tem representantes comerciais , o carro ficaria bem leve pequeno (facitaria estacionar) e enconomia de combustivel (empresas q peceisam d uma frota d carros pra vendedores e repesentantes)...

Eduardo Fim Canedo said...

puxa ....soh fiz cometario ....e esqueci d parabeniza-lo pelo projeto .....o Brasil precisa d pessoas com essa inciativa d projetos d carros nacionais ....outra coisa q esqueci d comentar seria o fato do lazer ....os 2 lugares (lado a lado) seria interessante, caso for levar a namorada ou a espoosa (no caso homem), ou o namorado, o marido ( a mulher nesse caso), o banco do passageiro seria bem conforvel ....em realação ao motor. poderia ser traseiro mesmo, temos 2 grandes fabricantes d motores como a Cummins e a MWM, eles poderiam fazer um projeto d um motor á explosao (gasoslina / alcool)d 2 ou 3 cilindros de baixa cilindrada...acho q seria bem interessante...

RICARDO74MG said...

Caro Du, há muito acompanho seu blog que é simplesmente espetacular! Quem me dera ter dinheiro para bancar seus projetos, são ótimos! Quanto ao VENA (começa a mudar o nome, lembra do projeto do Gurgel?),acho que seria interessante, no tocante ao motor, ver o que a Volks fez com a Kombi. Se deu para enfiar um motor 1.4 naquele caixote, já te adiantaria um bocado em termos de desemvolvimento de projeto partir desse ponto, não é? Abraços!

Du said...

O Gurgel era Cena, não Vena

Rodrigo Zaratin said...

Acho que a idéia tem que andar para um 2+1 ou 2+2 mesmo com um pequeno espaço pra bagagens e bancos escamoteaveis.

Alguem falou em opicionais, mas acho que não se deve pensar assim, acho que tem que ser um carro onde a única opção é a cor, diminuindo assim custos de montagem.

Paulo Sant' Ana said...

Pelo conceito do carro, acredito que um "Fortwo" ficaria melhor. Antes um carona bem acomodado do que dois eventuais apertados.

Seria legal ver um carro popular/econômico/pequeno de dois lugares. =)

Du said...

Estou mudando a idéia, talvez terá 2 lugares e uma possível versão ao estilo "clubman" mais alongada para 2+2 e uma mini picape. Logo terei novidades.

Rodrigo Zaratin said...

Parece que tem gente grande olhando o blog e roubando idéias!

http://carroonline.terra.com.br/index.asp?codc=4031#

Brincadeira eim!