21.1.10

Análise de Estilo: Opel Meriva

Essa é a nova Meriva alemã que apresenta algumas ousadias...


Da primeira Meriva só tem o nome, ficou mais moderna mas perdeu o design Made in Brazil na qual a anterior ostentava,  na frente sem surpresas, incorpora o padrão Opel, mas é na lateral que estão as surpresas, a linha de cintura faz um degrau na janela traseira dando uma uma personalidade ao carro e as tão badaladas portas suicidas, chamadas de FlexDoors melhora o acesso e aumenta a rigidez, o vinco lateral inferior é o mesmo do Astra e Insígnia, vinco que a GMB poderia adotar por aqui. 
O vidro traseiro acompanha o desenho da lanterna e há uma peça em preto que transmite uma sensação de vidro, mas bem que poderia ser um vidro de verdade, assim teria uma excelente visibilidade traseira.

 
Aproveitando a postagem dei uma suavizada na Meriva, ficou um pouco mais baixa e de portas convencionais, é uma sugestão para um futuro Astra nacional ou algo parecido, já que farol grande e corpulência estão na moda...

18 comments:

roger said...

Ganhou dos caras!
Bem melhor !

Rafa Blog said...

Infelizmente ( como vcê fez na projeção ) o lindo ''degrau'' da porta traseira saíria, se viesse para o Brasil ;/

Anonymous said...

Também achei muito mais bonito o que você fez. Aquele degrau tá feio demais. Aliás, os designers europeus estão ficando cada dia piores. Ao invés de melhorarem, pioram o que os anteriores fizeram. Eu era apaixonado nas linhas elegantes e simples dos Mercedes, mas agora, tá cada dia pior. Um carro mais esquisito que o outro.

Nanael Soubaim said...

Du, vai lá e ensine a eles. Eu preferiria que fizessem uma evolução do desenho, a suavidade estética da Meriva é o que a diferencia das outras minivans.

Eric said...

A versão européia é bonita, mas eu achei a sua versão mais legal...
o formato dela lembra mais o Astra do que a Meriva, não parecendo um carro tão "careta".

Largartixa said...

Aceita ou não o desafio do Blog do largartixa

Du said...

Eu preferia fazer o Engesa 4, mas tudo bem.

Largartixa said...

Du o Engesa4 seria o proximo pode deixar pronto que vou colocar um desafio pro mes em fevereiro Engesa4 o Brigato já mandou o dele

Anonymous said...

Du,

Faz a Blazer e a S-10 sobre a mesma plataforma!!!

Coloca ousadia num projeto antigo, que acho que é o que vai acontecer no final.

Sds.,

J.I.Hosang

Edson Rosa Brise said...

Eu prefiro a versção do blog, sem a decaída na linha da porta traseira, eu particularmente acho horrives este "Degrau", tanto na Meriva quanto no Citroen C4 Picasso.

PaLaZZo said...

quando e que sai o ford t novo estamos ansiosos!!!

Du said...

Acho que amanhã ou segunda, mas não espere a beleza de um Aston Martin, afinal é um pé-de-bode.. rs

roger said...

Desafio:
Ja pedi ao Dú uma leitura do 911 (1ª geração) e da Studbacker Conestoga 54...

Du said...

O 911 precisa ser pensado um pouco, nada me ocorreu ainda, o Stude vou fazer primeiro o 1951. Mas tudo é possível, quem sabe.

Anonymous said...

O degrau no vidro traseiro não foi proposto apenas para dar "ousadia" ou "atualidade" ao desenho da minivan. Como carro familiar, faz com que os ocupantes do banco traseiro de menor estatura (ok, as crianças...) possam ver melhor o exterior, pois a linha das janelas dianteiras sobe demais atrás, enclausurando que vai atrás (como no nosso Corolla).
Por isso, eu o conservaria.
Adriano - Goiânia

El Misionero said...

Eu concordo. Os designers europeus estão cada vez piores. Parece até que eles foram substituídos por um bando de estilistas-de-moda-gayzistas. Lembra do que o Chris Bangle fez com os BMW???? Parece até que eles haviam sido projetados por um bando de bebedores de uísque-escocês-do-Paraguai. Ou fumadores-de-maconha-estragada. Du, ensina pra eles o que é um trabalho de macho.

Roberto said...

bem q a nova meriva nacional podia se essa da projeção...

Guilherme said...

Realmente a sua projeção da Meriva ficou muito melhor mesmo, não curto muito minivans,mas tenho que admitir q essa dae ficou ótima.
Pena que a Chevrolet brasileira não atualize os seu carros, seria uma boa concorrente frente a outras minivans mais atuais (vide as da Citröen).