19.8.10

Corvette "Route 66" Edition


 Como seria um Corvette retrô?

Me inspirei na geração C1 mais precisamente o modelo de 1960, adicionei faróis duplos circulares (o que me lembrou do Mercedes SLR, mas é só impressão), a grade teve algumas leves modificações adicionando mais cromado para se assemelhar ao modelo clássico, a pintura branca lateral seria pouco usual nos tempos de hoje mas essencial para este trabalho em especial, a entrada de ar lateral ganhou um novo desenho. 
 
Da lateral para trás mudou quase tudo, linhas onduladas e descendentes na  traseira ficam em destaque, praticamente descaracterizou o corvette moderno, já vi corvettes com essa pintura lateral, mas nenhum modificado como um todo. Claro que todas as gerações do Corvette são fantásticas mas fiz essa releitura apenas para resgatar as linhas da C1, diferentes das gerações seguintes.

Imagens em 1600x1200

 Rota 66 (route 66) foi um seriado dos anos 60 estrelado por Martin Millner e George Mahari, o Corvette 60 usado na série ficou famoso.


 História do Corvette

C1 - O Chevrolet Corvette surgiu em 1953, possuia carroceria em fibra, apesar de ter linhas agressivas para a época, o carro não entusiasmou tanto pelo fraco desempenho do motor de 6 cilindros diante de tantos V8 na época e para piorar a Ford lancou em 1955 o belo Thunderbird V8. Pensando nisso a Chevrolet em 1956 lançou o Corvette com várias mudanças estéticas, sempre conversível mas agora um V8 e pintura bicolor, em 1958 farois duplos e uma entrada de ar na lateral.

C2 - Em 1963 um novíssimo Corvette, agora com versão cupé e desenho assinado por Larry Shinoda, faróis escamonteáveis e destaque para a belíssima traseira, em 1967 chegou a ganhar um V8 427 de 7000 cilindrada, esta carroceria era conhecida como Stingray, baseado no conceito Mako Shark I.

C3 - Baseado no protótipo Mako Shark II, esse Corvette de linhas musculosas já chegou com motor 427, mas no decorrer da década de 70 por causa da crise do petróleo foi perdendo potência chegando a um tímido (?) V8 350 de 165 cv.

C4 - Em 1983 era lançado o C4, um carro totalmente novo, mas ainda guardava traços do Mako shark, só que um pouco mais suaves para melhorar a aerodinâmica, o projeto visava mais segurança, enfim, um Corvette pronto para encarar a década de 80. 

C5 - o Modelo C5 de 1997 tinha linhas mais arredondadas e com motor de aluminio, em 1999 uma inusitada versão hardtop, em 2002 a versão LS6 trazia 410 cv.
O atual foi lançado em 2005, agora ficamos na espera do novo modelo, dever ser algo parecido  com o protótipo exibido no filme Transformers 2.

18 comments:

Maurício Gomide said...

Malandro... você manda muito bem! Parabéns pelos trabalhos!

Mrs.Busta said...

eu achei excelente..., mas eu gostaria de sugerir se você não pode fazer um baseado nas linhas do C3 68 e C6?, que ná minha opinião foram as melhores/mais potentes versões do Vette...

Nanael Soubaim said...

Mexendo em quase nada conseguiste modificar quase tudo. Ficou excelente. As saídas antes das portas poderiam perfeitamente servir um radiador de óleo e um intercooler.

João said...

Parabéns outra vez.
Se não for abuso de minha parte gostaria muito que fizesse uma releitura das edições de 63 - 68 e da de 68 -82
Abração

skyline- said...

A traseira ficou otima, mas a frente parece estar usando aparelho dentario.
Uma releitura do Stingray seria melhor na frente.

Marcus said...

Muito bom! Seria bom o corvette voltar as origens. Mais um ótimo trabalho meu amigo. Continue.

Falow!

Gerson said...

Deveria ser produzido imediatamente. Com esse desenho apresentado a marca voltaria com força total.

PAULO RICARDO DE CARVALHO SARACELLI said...

Nanael, o motor do ''vette'' é dianteiro e não traseiro, logo as entradas de ar traseiras só serviriam para refrigerar os freios.

Du, que lindo!!!!! quanto sai a encomenda de um desses???

só uma ressalva (como sempre).

os faróis deram a ele uma puta cara de bentley continental, seria prudente tentar modificar alguma coisa aí pra não parecer tanto pq sem ler achei que fosse um desses conversível rs.

PAULO RICARDO DE CARVALHO SARACELLI said...

a Du e o C21 e C3 são simplesmente a perfeição dos corvettes.

seria interessante vc fazer uma releitura baseado no ''calda de arraia'', patentear e derrepente apresentar a proposta pra GM já que ela está trabalhando nesse projeto. pode ser sua grande chance.

Nanael Soubaim said...

Sim, o motor é dianteiro, compreendi a questão observada. Escaixar radiador de óleo e cooler longitudinalmente às saídas de ar é questão de arquitetura.

Estes faróis me lembram um pouco a bela Alfa Spider dos anos noventa, mas hoje em dia todos os faróis de topo são muito pequenos mesmo.

RAA said...

Engraçado. todas os seus trabalhos (pelo menos p/ mim) parecem ser de muito melhor gosto que os dos próprios fabricantes ...

Nour said...

Um dos meus carros preferidos, é a minha imagem da área de trabalho, o atual claro! Eu gosto muito do atual mas esse ficou muito original. O retorno às origens fez muito bem! parabés! Cezar

Ricardo said...

Descobri seu blog através da Fusca e Cia. e gostei muito do seu trabalho. Principalmente do "New Fusca", já que sou apaixonado pelo besouro. Sou daqueles que acham o New Beetle um carro que nada tem de parentesco com o Fusca e quando vi seu trabalho confirmei o que já sabia faz tempo: é possível modernizar e ainda sim manter a tradição. Porquê estou fazendo este comentário aqui? Simples! Achei sua versão do Corvette excelente e gostaria de sugerir (e/ou dasafiar) a produzir uma versão "Route 66" do fusca original ou do seu "New Fusca" . Tenho certeza que será um grande prazer imaginar tal " Máquina".
Espero que pense na minha sugestão com muito carinho. O Fusca merece.
Gostaria também de sugerir que postasse as fotos originais, dos carros, para que fosse possível uma melhor comparação. Tendo em vista que não sou muito conhecedor de carros e acredito não ser o único.
Grande abraço!

Du said...

Obrigado Ricardo, é que o Route 66 é por causa do Corvette usado no seriado, e não sei se daria certo no Fusca, mas eu tinha feito o Herbie, em umas postagens anteriores.

ASAA - Associação Sorocaba de Autos Antigos said...

Caramba que loko fico esse corvette!!

Parabens pelo blog, além de ter uma imaginação muito boa vc manda mutio bem no design

Diego said...

Só acho que a frente poderia ter ficado mais parecida com o de 1958 do que com a atual geração.

augusto_germann said...

Cara faz um na linha do c4 da década de 80, não aquele de 90 que é considerado o melhor,se não me engano é o ZR-1.Não faz desse quero ver o que tem os farois traseiros redondos e com traseira concava!A e não esquça de fazer também um Pontiac Trans AM Firebird um dos meus preferidos!!!

augusto_germann said...

Desculpa errei nao é o C4 que eu quero é o C3 eu sempre achei q o C3 fosse o C4 ,mais enfin vi agora no seu post que na verdade o que eu gosto é o C3!!!Desculpe o engano!!