25.3.11

Made in Japan (Parte 2)

Atendendo a muitos pedidos e em virtude de muitos "Du, você esqueceu do..." estou postando mais 10 grandes esportivos japoneses...

Mazda Cosmo - Du, sua anta, como você pode se esquecer do Cosmo?  Verdade, como pude me esquecer do carro do Ultraman? Esse esportivo da Mazda  já possuia motor rotativo em plena década de 60, e com um estilo peculiar dos esportivos dessa década.

Subaru Impreza WRX - É a versão endiabrada do Impreza com tração nas quatro rodas e um turbo, levando o "sedanzinho familiar"  aos 240cv já em 1992 para arrasar no WRC.

Toyota Sprinter Trueno (AE86) - Foi um coupe da quinta geração do Corolla, carro muito utilizado em corridas pela década de 80, por ter boa distribuição de peso era idolatrado pelos fans do drift. Também ficou conhecido pelo anime Initial D.

Toyota Celica - O Celica é o típico carro que é impossível não associá-lo com  competições de Rally, principalmente o GT4, Aquela grade embaixo do farol escamonteável era fantástica.

Toyota Supra - Outro modelo da fase de "ouro" dos esportivos japoneses, a versão de 1993 foi a mais empolgante, 2 turbos levavam o motor a 320 cv,  o desenho era musculoso, mas perdeu os faróis escamonteáveis.

Honda Prelude - O modelo lançado em 1988 foi um dos raros automóveis de série a oferecer quatro rodas direcionais, o 4WS (four wheel steering), usa um sistema para orientar as rodas traseiras. Isto significa que o condutor, através do volante tem o controle completo sobre o ângulo de todas as quatro rodas.
Isto em altas velocidades aumentaria o raio de curva e evitaria que o carro saisse de frente nas curvas. Em baixa velocidade as rodas traseiras esterçavam em direção contrária das dianteiras.

Mitsubishi Lancer Evolution - Eis o rival do Impreza que nasceu ja visando o campeonato WRC. De todas as suas geracões os mais interessantes foram da terceira, da sétima (da foto) e da décima, que tem chances de ser fabricado no Brasil, só o Lancer, sem Evolution, claro.

Mitsubishi Eclipse - Todo o sucesso do Lancer Evolution se deve ao Eclipse, pois dele surgiram conceitos como tração integral e controle de tração. Apesar da segunda geração ter feito mais sucesso especialmente no Brasil, eu gosto da primeira geração, tenho que ser tudo do contra mesmo, rs.

Nissan GT-R - Ok, eu disse que não curtia esse carro, apenas em termos visuais, pois em desempenho é uma outra história, 473 cvs resumem tudo.

Yamaha OX99-11 - Como a marca havia desenvolvido motores para competir na F1 em 1989, queria fabricar seu próprio carro de rua baseado em tecnologia de F1, em 1992 foi apresentado um monoposto desenhado por Takuya Yura, o carro era radical, pois usava a mesma fibra de carbono, chassi e motor de um carro de F1. Só que o custo do projeto acabou ficando caro demais, e o preço ficaria em torno de U$ 800.000 e para piorar o Japão passava por uma crise. O projeto foi abandonado em 1994 e apenas 3 protótipos foram construídos.

9 comments:

Victor Braga e Bravo said...

Estão aí mais 10 grandes japoneses. Motor rotativo é uma beleza na engenharia, pena ter conserto complicado e "torrar" óleo muito fácil. Supra, assim como RX7 e NSX foram um dos primeiros japoneses que vi em games. E esse Eclipse dessa geração... Sempre se acha um sendo utilizado para aqueles jogos de corrida em shoppings... hehe

eric_sjk said...

lembrando que o novo GT-R tem 530HP

Toshimi said...

Du, ainda acho que esta faltando carro, mas lembrar do Ultraman e desse prototipo Yamaha que ate nos dias de precisaria de poucas atualizacoes esteticas para ganhar a ruas eh demais.
Parabens, por ter vivo la por 7 anos, tem muitos modelos q tambem deveriam ser comercializados aqui..
Parabens e estou aguardando sua novas projecoes!!

Ronaldo said...

Excelente, Eduardo! Nota 10!

Nanael Soubaim said...

Lembrar do Cosmo e do Prelude foi muito chique de tua parte. Tração e direção nas quatro rodas deveriam ser incentivadas, são ítens de segurança activa muito fortes.

skyline- said...

Perfect!!!!

PAULO RICARDO DE CARVALHO SARACELLI said...

O da yamaha acho que não foi fabricado por ser extremamente feio kkkkkk

Luiz said...

pô cara muito legal essa sua atitude de lembrar dos eportivos japoneses antigos,com execção do gt-r e desse lan evo (principalmente o trueno AE86 é o meu preferido) que na maioria das vezes são esquecidos, eu nunca vi um colecinador brasileiro possuir um trueno ou cosmo ou 2000GT !

|LPD|DominiC said...

AE86 o melhor nao tem igual 100% drift